DonaMaria Lugar de mulher é na política.


Representação

As mulheres são sub-representadas no Congresso, nos sindicatos e nos partidos políticos, a representação de 10,9% no Congresso não condiz com o total de mulheres na população, que é de 52%. Na América Latina, o Brasil é o segundo país com mais baixo índice de mulheres em cargos legislativos federais. Ficando em situação pior do que a de alguns países árabes, conhecidos por suas institucionalizadas segregação e discriminação de gênero.

Candidat@s

Objetivando o crescimento da representatividade feminina no congresso, a legislação de cotas estabelece um percentual minimo de 30% de candidaturas de cada sexo. Entretanto, alguns partidos desrespeitam esta medida confiantes na ineficiência da justiça eleitoral que não aplica as devidas punições.

Candidat@s Eleit@s

As expectativas de que o aumento de candidaturas resultasse num impacto sobre a elegibilidade não se concretizaram. O sistema de representação proporcional de lista aberta, dificulta o acesso político e o bom desempenho eleitoral daqueles candidatos com menores recursos políticos e financeiros.


É consenso de que as chances de sucesso nas urnas está intimamente relacionada à capacidade dos candidatos de arrecadarem recursos. Nas candidaturas onde as mulheres obtiveram mais recursos seus desempenhos são melhores;


Financiamento de Campanha

Os dados apresentados abaixo corroboram a suposição de que há de fato um subfinanciamento das campanhas das mulheres em relação às campanhas dos homens. Outra visão consensual é que os partidos discriminam as mulheres na distribuição de recursos do fundo partidário, contribuindo, portanto, para acentuar as desvantagens de financiamento que elas têm em relação aos homens a partir de outras fontes de doação.

Patrimônio Declarado

A literatura elenca várias possíveis explicações, incluindo a hipótese do desfavorecimento financeiro das mulheres na vida privada, que se refletiria também na capacidade de aportar recursos próprios para as campanhas. Outro fator é o baixo apoio financeiro de doadores da iniciativa privada.

Recursos de Campanha

Do total de candidatos que declararam receitas da campanha superiores a R$1 milhão, apenas 6% eram do sexo feminino. Esse dado reforça a visão de que as mulheres têm acesso limitado a determinados tipos de redes sociais e políticas que poderiam ser ativadas na arrecadação de recursos.


O DonaMaria é uma ferramenta que promove o engajamento de eleitores na construção de redes de apoiadores de campanhas. Nosso objetivo é criar um canal de comunicação entre candidatas e apoiadores.


Participe!

Cadastre-se;
Encontre uma candidata;
Colabore na construção de um programa de governo com a sua cara;
Crie uma rede de apoio que possa ajuda-la a arrecadar fundos;
Divulgue essa idéia;

O empoderamento feminino passa pelo congresso. Ajude a eleger uma candidata que te represente.


Quem Somos

Isadora

Isadora

Desenvolvedora
Embs

Matheus

Desenvolvedor
Yves

Yves

Desenvolvedor

Agradecimentos

Aos participantes do hackathon pela experiência compartilhada, sobretudo ao Kellyton por ter disponibilizado a API do MCN.

A toda a equipe da Câmara dos Deputados que esteve envolvida no hackathon, por possibilitarem a concepção dos projetos.

Às pesquisadoras Teresa Sacchet e Clara Araújo, cujos trabalhos serviram de inspiração ao projeto.


Hackathon de Gênero e Cidadania

O Hackathon é uma maratona que reúne hackers, programadores, desenvolvedores e inventores para criar projetos que transformem informações de interesse público em soluções digitais, acessíveis a todos os cidadãos. A maratona ocorreu entre os dias 24 e 28 de novembro no Salão Branco da Câmara dos Deputados. Os participantes tiveram o desafio de desenvolver aplicativos que pudessem contribuir para reduzir a violência contra a mulher e fortalecer as políticas de gênero. Este é um dos projetos selecionados.